Presidente da estatal que administra o Porto de Santos é preso em operação contra fraudes em contratos

Comandante Moisés é o novo governador de Santa Catarina
29 de outubro de 2018
Transição em Brasília
31 de outubro de 2018

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (31) José Alex Oliva, presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), estatal ligada ao Ministério dos Transportes, que administra o Porto de Santos, durante a Operação Tritão, que apura suspeitas de fraude em licitação e corrupção em contratos da estatal. O presidente foi preso em sua casa em Copacabana, no Rio de Janeiro, por volta das 8h.

Além do mandado contra o presidente, estão sendo cumpridos mais seis mandados de prisão e 20 de busca e apreensão em São Paulo, Santos, Barueri, Guarujá, Rio de Janeiro, Fortaleza e Brasília. A prisão de José Alex e dos demais integrantes da cúpula da estatal são temporárias, com duração de cinco dias. Participam da operação 100 policiais federais, oito auditores da CGU e 12 servidores da Receita Federal. (Fonte: G1)

Posts Relacionados

Deixe uma resposta